Festival de pipas

Eu tenho um enorme prazer de esta mostrando um pouquinho dessa beleza que é a Pipa modelo alem de ser uma grande terapia e tambem uma academia é um do melhores lazer que eu curto .
Loading...

Seguidores

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011


sexta-feira, 30 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

premiação das conjugadas

nova senssação 1º pipa modelo conjugada do Rio de Janeiro

nova senssação 1º pipa modelo conjugada do Rio de Janeiro

festival de mesquita

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

essa é a pipa modelo


Essa é a Sentopeia sendo preparada pra subir







Tipos de pipas

°Suru - pipa que não tem rabiola e também em sua fabricação só utiliza duas taletas (varetas) em forma de cruz e é totalmente encapada.

°Raia - não utiliza rabiola e tem formato de losango.
°Peixinho - semelhante a raia, mas em sua maioria leva rabiola.
°Morcego - pipa sem rabiola, em formato retangular e não é totalmente encapada.
°Pião - pipa grande que precisa de muita rabiola para subir é considerado pião, quando a vareta central da pipa geralmente ultapassa a medida de 60 cm.
°Telequinho (ou Jerequinho no RJ) - pipa pequena que precisa de pouca rabiola para subir.
°Telecão (ou Jereco no RJ) - pipa um pouco maior que o telequinho.
°Maranhão - pipa com rabiola e muita mobilidade.
°Carrapeta - feita com três varetas em tamanhos diferentes, uma central (de maior tamanho) e duas transversais, formando uma espécie de cruz, com espaço entre si, sendo que a inferior é em tamanho mais curto.
°Baratinha ou Charutinha - espécie de pipa com rabiola, possui formato retângular, tem muita agilidade. Surgiu no RJ, na evolução dos modelos de pipas de SP.
°Pipas de Biquinho - modelo muito conhecido dos cariocas, com rabiolas imensas, tem capacidade de chegar muito longe.
°Pipa "Batata" - semelhante a carrapeta, sendo que as varetas transversais não do mesmo tamanho.
°Pipa Modelo - conhecidas pelos seus formatos variados, destacadas não só pelo seu tamanho, que pode ser muito grande, mais também pela beleza. Muito vistas em "Festivais" como são conhecidas as competições desse estilo

Onde Nasceu a Pipas

As pipas nasceram na China antiga. Sabe-se que por volta do ano 1200 a. C. foram utilizadas como dispositivo de sinalização militar. Os movimentos e as cores das pipas eram mensagens transmitidas à distância entre destacamentos militares.

No décimo segundo século, na Europa, as crianças já brincavam com pipas. Vale a pena notar também o papel desempenhado pela pipa como aparelho de medição atmosférica. O político e inventor americano Benjamin Franklin utilizou uma pipa para investigar e inventar o Pára-raios. Hoje, a pipa mantém a sua popularidade entre as crianças de todas as culturas.
                                         A HISTORIA


Quando o homem começou a construir uma máquina para voar, só existiam duas referências para o vôo, que eram:
Os pássaros e as pipas.
Santos Dumont construiu um conjunto de pipas-caixas, colocou um motor e conseguiu voar.

Visite a casa de Santos Dumont, na cidade Imperial de Petrópolis-RJ

                         O Avião é uma dádiva da pipa


O primeiro vôo do homem está relacionado com a mitologia onde consta que Ícaro voou tão alto, que o sol derreteu a cêra que prendia as asas ao seu corpo,sendo assim Ícaro caiu e morreu.
Pipa, Papagaio ou Pandorga é um brinquedo que voa preso a extremidade de uma linha ou barbante. Em geral, tem uma armação leve de bambu ou madeira, sobre a qual se estica uma folha de papel ou plástico. Os historiadores acreditam que tenha sido inventada entre 400 e 300 (AC) por Arquitas, um grego da cidade de Tarena. No entanto, os Chineses afirmam que um de seus generais Han Sin inventou em 206 (AC), para uso dos militares.
Em 1749 o Escocês Alexander Wilson, usou vários termômetros presos as Pipas para medir a temperatura nas alturas. Benjamin Franklin em 1752, utilizando uma pipa forrada de pano, demonstrou em um dia de chuva, que nas nuvens existe eletricidade estática, com isso foi criado o pára-raios. O inglês Douglas Archibald em 1883, prendeu um anemômetro ( Medidor de Vento ) à linha de uma pipa mediu a velocidade do vento a 360m de altura. A Aerofotografia com o auxílio de pipas é muito praticada desde o fim do século XIX. Guglielmo Marconi em 1901, usou uma pipa para erguer um antena e fez a primeira transmissão de rádio.
No fim do século XIX e início do século XX, o homem estava decidido a construir um máquina que lhe permitisse voar, nessa época ele só tinha duas referências de vôo, que eram as aves e a pipa. Muitos tentaram imitar os pássaros com suas máquinas sem sucesso, outros tentavam usando pipas. Em 1906, depois de vários testes o Brasileiro Alberto Santos Dumont, fez o primeiro vôo, usando um conjunto de pipas-caixas, acionadas por suas próprias forças.Este avião recebeu o nome de "14 BIS".
                                    Origem do nome pipa
Pipa, nome dado ao "papagaio" de papel por ser semelhante ao recipiente pipa ( vasilha de madeira usada para guardar vinhos ), Esse tipo de papagaio era confeccionado com três varetas, e foi usado por muitos anos. Foram criadas três versões: duas feitas com três varetas e uma com quatro. Com o passar do tempo, essas pipas ficaram conhecidas como pipas-modelo. No final da década de quarenta, surgiu a pipa pião vinda do Nordeste, e o cerol. As pipas-modelo, usavam lâminas de barbear para cortar a linha dos adversários, não resistiu ao cerol e a rapidez das pipas pião e foram extintas, dando lugar à atual cultura.

500 Anos de pipas

adivinhem quem trouxe a pipa para o brasil? os portugueses, ora pois. e nesta onda comemorativa o militar da reserva antônio augusto criou sua pipa de três metros de comprimento com a réplica de uma das três caravelas de cabral. do alto de seus 20 anos de cerol e rabiola, antônio vai ministrar um oficina de pipas no museu histórico nacional nos dias 9,16 e 21 de abril. o professor já tem 62 troféus conquistados em todo o mundo nas categorias beleza, originalidade e gigantismo. e o ponto de partida é sempre a pesquisa na biblioteca nacional. apesar do tamanho, a pipa da caravela voa que é uma beleza. o segredo da estabilidade é a aerodinâmica do barco - que tem uma espécie de aerofólio embaixo do casco, e , por isso, dispensa o uso da rabiola (o rabinho colorido da pipa, feito para dar equilíbrio).













Uns dos organizadores do evento na ntrega do trofel e premiação



Festival de pipa no conjunto Veridiana em Santa Cruz